Navios de guerra russos ao largo da costa australiana para garantir segurança de Putin

Navios de guerra russos ao largo da costa australiana para garantir segurança de Putin

 

Lusa/AO online   Internacional   14 de Nov de 2014, 15:50

A Rússia tem quatro navios de guerra ao largo da costa da Austrália para garantir, caso seja necessário, a segurança do Presidente russo, Vladimir Putin, durante a cimeira do G20, que começa no sábado em Brisbane.

 

De acordo com informações divulgadas pela comunicação social australiana, a representação diplomática russa no país explicou às autoridades australianas que a frota naval também está a testar as suas capacidades para eventuais investigações científicas na Antártida.

Os quatro navios russos estão em águas internacionais, no Mar do Coral, e estão a ser vigiados por igual número de navios das forças australianas.

O Ministério da Defesa australiano confirmou entretanto a presença dos navios russos ao largo da costa norte da Austrália, enquanto uma outra fonte do Governo de Camberra explicou que o navio de guerra australiano Parramatta está a realizar manobras militares com o navio russo Varyag.

As autoridades australianas também indicaram que a presença destes navios é “completamente coerente com o direito internacional dos barcos militares de exercerem o direito de navegar em águas internacionais”.

Alguns analistas estão a interpretar a presença da frota naval russa como um exercício de força de Vladimir Putin, numa altura em que o governante russo terá de encarar as críticas dos líderes do G20 (grupo que integra os países mais desenvolvidos do mundo e as principais economias emergentes) devido às suas ações na Ucrânia.

A cimeira do G20 em Brisbane, a terceira maior cidade da Austrália, decorre até domingo.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.