Pirataria

Navio japonês atacado ao largo do Quénia


 

Lusa/AO online   Internacional   11 de Out de 2010, 12:18

Um navio japonês foi atacado por piratas ao largo da costa do Quénia, divulgou esta segunda-feira o porta-voz do Ministério dos Transportes japonês.
"Recebemos a informação que às 17:00 locais (09:00 em Lisboa) um navio japonês foi cercado por piratas ao largo da costa do Quénia", afirmou o porta-voz.

O navio, com pavilhão do Panamá, é operado pelo armador japonês NYK Hinode-Line, de acordo com o Ministério dos Transportes nipónico.

Desde o início de Outubro, a Câmara de Comércio Internacional (ICC) já registaram pelo menos quatro actos de pirataria, com ataques ao largo da Somália, Vietname, Venezuela e Bangladesh.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.