Navegadora holandesa de 14 anos deverá partir este fim-de-semana de Portimão


 

Lusa / AO online   Nacional   20 de Ago de 2010, 18:40

A navegadora holandesa de 14 anos que quer dar a volta ao mundo sozinha num barco à vela deverá partir este fim-de-semana de Portimão para iniciar a sua viagem de circum-navegação, disse o seu agente, que não confirmou uma data concreta.
“Estamos ainda a fazer testes de navegação e a analisar as condições para decidir quando partiremos”, disse Peter Klarenbeek à agência Lusa, acrescentando não poder confirmar ainda a data e hora precisas de partida.

O veleiro Guppy, no qual Laura Dekker pretende dar a volta ao mundo, encontra-se ancorado na Marina de Portimão desde a semana passada num sítio discreto para evitar olhares curiosos, disseram à Lusa fontes no local.

A menor, que se encontra no Algarve com o pai, terá andado durante estes dias a navegar ao largo da costa a fazer testes para acertar todos os pormenores técnicos antes da viagem.

Este caso suscitou uma enorme polémica, chegando mesmo a haver a intervenção da tutela de menores holandesa para tentar impedir a viagem, mas a justiça daquele país já a autorizou, colocando a responsabilidade nos pais.

Em declarações à Lusa, fonte da Autoridade Marítima frisou que a legislação portuguesa não permite que um menor navegue sozinho, acrescentando não ter sido feito qualquer pedido de autorização de desembarque de Portimão do veleiro Guppy.

“Ao que sabemos, a menor estará acompanhada pelo pai, que é uma pessoa habilitada a navegar”, disse a mesma fonte, sublinhando que a lei portuguesa já não se aplica em águas internacionais.

Laura Dekker deverá concluir a sua viagem antes de completar 17 anos, no dia 20 de setembro de 2012, para assim se tornar a mais jovem velejadora a fazer uma viagem solitária de circum-navegação.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.