Nave Soyuz MS-02 aterrou no Cazaquistão

Ciência /
 Soyuz MS-02

1205 visualizações   

A nave russa Soyuz MS-02 aterrou esta segunda-feira no Cazaquistão, com três astronautas a bordo, depois de 173 dias em missão, informou o Centro de Controlo de Voos Espaciais da Rússia (CCVE).
 

“Já aterrou”, anunciou o CCVE às 14.20 em Moscovo (12.20 na hora portuguesa).

A MS-02, a segunda nave do modelo Soyuz, aterrou a cerca de 150 quilómetros do sudeste da cidade de Zhezkazgán, depois de uma missão da Estação Espacial Internacional (EEI).

Na cápsula que regressou à Terra estavam os astronautas russos Andréi Rízhikov e Serguéi Borisenko e o norte-americano Robert Shane Kimbrough.

Na EEI ficaram três astronautas, o russo Oleg Novitski, o norte-americano Peggy Whitson e o francês Thomas Pesquet.

Para 20 de abril está prevista uma descolagem da Soyuz MS-04 em Baikonur, no Cazaquistão, para a nova missão na EEI. A bordo vão estar os astronautas Fiodor Yurchijin, de nacionalidade russa, e o norte-americano Jack Fischer.

O terceiro lugar na nave vai ser ocupado por uma carga de 70 quilos.

A EEI é um projeto no qual participam 16 países e é composta, atualmente, por 14 módulos permanentes. Orbita a uma velocidade de mais de 27.000 quilómetros por hora a uma distância de 400 quilómetros da Terra.

A órbita da plataforma é elevada regularmente com a ajuda de propulsores de naves unidos a esta, uma vez que a EEI perde diariamente entre 100 e 150 metros de altura devido à gravitação terrestre e à atividade solar, entre outros fatores.