NASA descobre bactérias em arsénio


 

Lusa/AO online   Internacional   2 de Dez de 2010, 17:29

Os cientistas da NASA encontraram num lago na Califórnia, nos EUA, bactérias que vivem em arsénio, uma descoberta que irá ter impacto na investigação de formas de vida extraterrestre, anunciou a revista Sicence.
A descoberta, que será apresentada hoje em conferência de imprensa pela NASA, foi precedida de muitas especulações em blogues ligados a temas da tecnologia, como o Gawker e o PC World, que nos últimos dias falavam na possibilidade de a agência norte-americana anunciar hoje que teria encontrado vida fora da Terra.

Estas especulações resultaram, sobretudo, da própria convocatória da conferência de imprensa, em que a NASA anunciava “uma descoberta astrobiológica” que teria impacto na pesquisa de vida extraterrestre.

A descoberta, mesmo não sendo histórica, mudará as investigações nesta área da NASA, que até agora só procurou vida em planetas com os elementos que os cientistas acreditavam serem os únicos que podiam acolhê-la.

As formas de vida até agora conhecidas são compostas por seis elementos: carbono, hidrogénio, nitrogénio, oxigénio, enxofre e fósforo.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.