Museu do Design e da Moda mostra 70 peças de design português em Madrid

Museu do Design e da Moda mostra 70 peças de design português em Madrid

 

Lusa / AO online   Nacional   6 de Fev de 2016, 11:06

O Museu do Design e da Moda (MUDE), em Lisboa, vai apresentar, em Madrid, 70 peças de design, da autoria de 44 autores portugueses, de 24 de fevereiro a 27 de março na Central de Diseno (DIMAD).

 

As peças já foram apresentadas em Lisboa, na exposição "Formas de uma Identidade", e vão este mês para Madrid, ficando patentes durante a realização da ARCO, feira internacional de arte contemporânea.

Com curadoria da diretora do MUDE, Bárbara Coutinho, a mostra apresenta as tendências do design português ao longo dos últimos 60 anos, enquadradas no contexto cultural do país.

Em destaque estarão três temas principais: "O Predomínio da Forma sobre o Ornamento", "Inteligência Prática" e "Entre o Popular e o Erudito", revelando os traços europeus, brasileiros, africanos e orientais que influenciaram a cultura portuguesa.

Entre as peças que vão ser apresentadas em Madrid estão a Estante XI, de Gonçalo Campos, o candeeiro Light, de Rita Filipe, a mesa de apoio de José Espinho, a jarra Hybris, de Alda Tomás, o copo Splendidor, de Paulo Sellmayer, e o banco Itálico, de Henrique Ralheta.

A exposição vai apresentar peças de Álbio Nascimento & Kathi Stertzig, Alda Tomás, Álvaro Siza Vieira, Ana Escobar, Ana Mestre, António Garcia, António Sena da Silva, Carlos Galamba, Carmo Valente, Conceição Silva, Daciano da Costa, Daniel Caramelo, David Marques, Eduardo Afonso Dias, Eduardo Anahory, Eduardo Souto de Moura, Estúdio Pedrita, Fernando Brízio, Fernando Távora, Filipe Alarcão.

Terão igualmente o seu trabalho representado Francisco Providência, Gonçalo Campos, Gonçalo Prudêncio, Henrique Ralheta, Joana Cabrita Martins, João Mendes Ribeiro, José Espinho, José Manuel Carvalho Araújo, José Viana, Marco Sousa Santos, Mariana Costa e Silva, Miguel Arruda, Miguel Rios, Miguel Vieira Baptista, Naulíla Luís, Nuno Vasa, Paulo Parra, Paulo Sellmayer, Pedro Silva Dias, Pedro Sottomayor, Raul Lino, Rita Filipe, Susana Soares e Toni Grilo.

Inaugurado em 2009, no antigo edifício do Banco Nacional Ultramarino, na Baixa, o MUDE abriu com um acervo com cerca de mil peças de design de equipamento, e mais de 1.200 de moda, adquiridas pela Câmara Municipal de Lisboa, em 2002, ao colecionador Francisco Capelo.

O acervo foi crescendo ao longo dos anos, recebendo várias coleções de designers portugueses de relevo, destacando-se, entre outros, Eduardo Afonso Dias, Daciano da Costa e António Garcia.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.