Eleições regionais

MPT quer fixação de margens de comercialização para baixar preço e aumentar consumo de peixe

MPT quer fixação de margens de comercialização para baixar preço e aumentar consumo de peixe

 

Lusa/AO online   Regional   25 de Set de 2012, 15:22

O cabeça de lista do MPT pelo círculo de S. Miguel nas eleições regionais de outubro, Manuel Moniz, defendeu a fixação de margens de comercialização para a venda no mercado local do peixe capturado nos Açores.

Manuel Moniz, que falava hoje numa conferência de imprensa em Ponta Delgada, considerou que esta medida permitirá baixar os preços de venda, além de promover o aumento de consumo de peixe no arquipélago.

O candidato do MPT propôs também que a fixação de margens de comercialização seja acompanhada com a criação de um "mecanismo de apoio" aos vendedores ambulantes, assente na “atribuição do gasóleo pescas e no acesso gratuito aos sistemas de refrigeração”.

Manuel Moniz salientou que “os pobres deixaram de comer peixe” nos Açores devido ao preço elevado, defendendo que o pescado capturado na região “apenas deverá ser exportado caso o seu preço de venda o justifique, nomeadamente como produto de qualidade”.

“Sem contar com os atuns, exportamos 75 por cento [do peixe pescado] e ficamos com 1.250 toneladas [ano] para consumo local”, frisou, insistindo nas qualidades alimentares do peixe.

Para o candidato, uma estratégia que “incida sobre os principais custos da comercialização local pode reduzir o preço do peixe para cerca de metade do seu valor atual”, argumentando que a fixação de margens de comercialização funcionará como “fator de concorrência”, uma vez que resultará num “aumento da procura por parte da população”.

Relativamente às exportações, Manuel Moniz defendeu que se deverá assistir-se a uma “tendência de aumento no preço em lota”, em particular no que se refere ao “peixe de especial qualidade”.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.