Movimento entrega petição no parlamento pela reposição do feriado

Movimento entrega petição no parlamento pela reposição do feriado

 

Lusa/AO Online   Nacional   12 de Out de 2015, 14:19

O movimento 1º de Dezembro entregou hoje no parlamento uma petição com mais de cinco mil assinaturas e expressou confiança de que o Dia da Independência volte a ser feriado durante a próxima legislatura.

 

"Estamos bastante confiantes - e lendo os programas dos partidos que se apresentaram às eleições, a nossa confiança reforçou-se -, de que, no decurso dessa legislatura o feriado será restaurado", afirmou José Ribeiro e Castro aos jornalistas.

No dia em que se assinalam 105 anos sobre a instituição deste feriado, uma comitiva do movimento 1.º de Dezembro foi recebida pela vice-presidente da Assembleia da República Teresa Caeiro, a quem entregou uma petição pela reposição do feriado que assinala a independência nacional face a Espanha com mais de cinco mil assinaturas, mais mil do que as necessárias para haver discussão da matéria em plenário.

Ribeiro e Castro, que lidera o movimento, reconheceu que "é difícil" até dezembro, com a formação de Governo e o processo orçamental, que a petição seja discutida no plenário da Assembleia, sendo que ainda tem de passar pelo parecer de uma comissão.

O ex-líder do CDS e ex-deputado não exclui, contudo, que "algum deputado ou grupo parlamentar apresente uma iniciativa a tempo do próximo 1.º de Dezembro".

"Os diferentes partidos de esquerda tomaram sempre posição no sentido da restauração dos feriados, o programa eleitoral da coligação falava numa reposição gradualista", declarou, sublinhando a expectativa na reposição do feriado.

O movimento, frisou, está mobilizado na celebração do dia da Independência, como vem fazendo desde que o feriado foi suspenso, com um desfile de bandas filarmónicas avenida da Liberdade e praça dos Restauradores.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.