Moutinho alerta que não há seleções invencíveis e quer concentração total com Suíça

Moutinho alerta que não há seleções invencíveis e quer concentração total com Suíça

 

LUSA/AOnline   Futebol   4 de Set de 2016, 10:31

O futebolista João Moutinho afirmou hoje que não há seleções invencíveis e disse querer concentração total na visita de terça-feira à Suíça, na primeira jornada do Grupo B de apuramento europeu para o Campeonato do Mundo de 2018.

Em conferência de imprensa realizada durante do estágio de preparação para o encontro com os helvéticos, e antes do treino, o médio do Mónaco garantiu que o grupo está focado no objetivo de "ficar em primeiro no grupo e conseguir o apuramento para o Campeonato do Mundo [Rússia2018]".

"O título europeu não nos traz maior responsabilidade. Essa sempre a tivemos. Vamos continuar a dar o máximo. A vontade vai continuar a ser a mesma. Nada vai mudar na nossa filosofia. A nossa ambição vai ser a mesma: vencer todos os jogos", disse.

No discurso utilizado por João Moutinho notou-se confiança em cada palavra pronunciada e nem a ausência de Cristiano Ronaldo diante dos suíços afeta as aspirações lusas, porque, tal como demonstrado no Campeonato Europeu, em França, é na união que está a força da equipa nacional.

"Cristiano Ronaldo é um jogador extremamente importante para nós e para qualquer equipa. A equipa está bem, estamos a trabalhar para chegar a terça-feira e vencer a Suíça. Ninguém é invencível. Se mantivermos a postura que temos desde que Fernando Santos assumiu a seleção será difícil ganhar-nos, mas temos de ter sempre a mesma vontade, ambição e humildade. Essa é também a mensagem dada pelo selecionador", rematou.

Para Moutinho, há que encarar a Suíça com todo o respeito, até porque no Europeu de França foi eliminada nos oitavos de final, nas grandes penalidades, pela Polónia, seleção que Portugal defrontou logo depois e que acabou por ‘cair’ da mesma forma.

"É uma excelente equipa e que fez uma grande fase final do Europeu em França, onde foi eliminada pela Polónia. Vamos com a mesma ambição que tivemos em todos os jogos, tentar ganhar e tudo fazer para sair de lá com os três pontos", defendeu.

Agora com o título europeu nas mãos, João Moutinho reconhece que os adversários vão ‘cerrar ainda mais os dentes’ para levar de vencida da ‘equipa das quinas’, uma situação para a qual a equipa está já a ser trabalhada pelo selecionador nacional Fernando Santos.

"Vencer um título europeu é um sentimento de dever cumprido e que não se consegue explicar. Agora temos de deixar isso um pouco de lado, essa euforia, e concentrar-nos para o apuramento para o campeonato do mundo. Somos Campeões da Europa e todos os adversários vão querer ganhar-nos. Temos de passar para o próximo nível e dar um pouco mais para sermos melhor que eles", concluiu.

A seleção portuguesa defronta esta terça-feira sua congénere helvética, em jogo da primeira jornada do Grupo B de qualificação para o campeonato do mundo de 2018, que tem início às 19:45 horas e se realiza no St. Jakob-Park, em Basileia, na Suíça.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.