Motorista da bisneta de Mandela que conduzia veículo pode ser acusado de homicídio


 

Lusa / AO online   Internacional   12 de Jun de 2010, 13:23

O condutor da viatura acidentada em que morreu uma bisneta de Nelson Mandela vai ser presente a tribunal nos próximos dias e poderá ser acusado de condução sob o efeito de álcool e homicídio, segundo a polícia.

De acordo com um porta-voz da polícia, Govindsamy Mariemuthoo, o condutor, cujo nome ainda não foi revelado, estava embriagado, foi detido, e deverá ir a tribunal nos próximos dias.

As autoridades judiciais pediram mais tempo para investigar as circunstâncias do acidente.

Ainda não foram anunciadas datas para a cerimónia fúnebre de Zenani Mandela, a vítima, que tinha apenas 13 anos quando faleceu no acidente, na madrugada de sexta-feira.

A jovem regressava a casa depois de ter assistido ao concerto do Mundial2010, no Soweto.

O motorista, que não ficou ferido, terá perdido o controlo da viatura, que colidiu com uma barreira, segundo a polícia.

Na sequência do acidente, Nelson Mandela cancelou a sua presença na cerimónia de abertura do Mundial2010, em Joanesburgo, segundo o seu gabinete.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.