Política

Mota Amaral entre os 21 deputados laranjas que não assinam projecto do PSD

Mota Amaral entre os 21 deputados laranjas que não assinam projecto do PSD

 

Lusa/AO On Line   Nacional   22 de Set de 2010, 06:35

Os dois deputados do PSD na Assembleia da República, eleitos pelo círculo dos Açores não subscreveram o projecto de Revisão constitucional que o partido entregou na passada semana. No total são 21 os deputados laranja que têm reservas quanto ao texto final do projecto social democrata.

António Montalvão Machado, José Eduardo Martins, José Luís Arnaut, José Pacheco Pereira e Luís Rodrigues são outros membros do grupo parlamentar social democrata, num total de 21, que não assinaram, até ao momento, o projeto de revisão constitucional do PSD.

Contactado pela agência Lusa, o antigo deputado constituinte e ex-presidente da Assembleia da República Mota Amaral declarou apenas: "De facto, não assinei o projeto, mas não faço nenhum comentário sobre essa matéria."

A agência Lusa tentou, sem sucesso, contactar Manuela Ferreira Leite para confirmar a sua intenção de não subscrever o projeto de revisão constitucional do PSD.

Dos 81 membros do grupo parlamentar do PSD, 59 assinaram o projeto de revisão constitucional antes da sua entrega formal no Parlamento, que aconteceu na quinta feira da semana passada.

Os restantes deputados podem, no entanto, pedir à mesa da Assembleia da República para acrescentar a sua assinatura ao documento, como, segundo a direção social democrata, aconteceu com o deputado José Matos Rosa.

Hugo Velosa, Correia de Jesus e Vânia Jesus, eleitos pela Madeira, António Preto, Arménio Santos, Carlos Gonçalves, Clara Carneiro, Couto dos Santos, Helena Lopes da Costa, João Prata, Joaquim Ponte, Sérgio Vieira e a independente Maria José Nogueira Pinto completam a lista de 21 deputados que não assinaram o projeto de revisão constitucional do PSD.

Entre os, até agora, 60 subscritores do projeto do PSD está o constitucionalista Jorge Bacelar Gouveia, que fez parte da comissão de revisão constitucional criada pela direção social democrata e se queixou de não ter visto nenhuma das suas ideias ser aceite.

Guilherme Silva, que integrou igualmente a comissão de revisão constitucional, foi o único dos quatro deputados do PSD eleitos pela Madeira a assinar o projeto entregue na semana passada.

O PSD da Madeira anunciou que vai entregar no Parlamento um projeto de revisão constitucional próprio.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.