Morreu núncio que deveria ser o primeiro julgado por pedofilia pelo Vaticano

Morreu núncio que deveria ser o primeiro julgado por pedofilia pelo Vaticano

 

Lusa/AO Online   Internacional   28 de Ago de 2015, 08:23

O arcebispo polaco Josef Wesolowski, um antigo prelado que deveria ser o primeiro julgado por abuso sexual de menores pelo Vaticano, morreu na noite de quinta para sexta-feira, revelou à AFP uma fonte da Santa Sé.

Com 67 anos, o antigo núncio apostólico na República Dominicana sofria de problemas de saúde, cuja natureza não foi revelada, tendo sido hospitalizado em julho passado, na véspera da abertura do seu processo pelo Vaticano.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.