Morreu Francisco Ribeiro, fundador dos Madredeus


 

Lusa/AO Online   Nacional   15 de Set de 2010, 07:55

O violoncelista Francisco Ribeiro, fundador dos Madredeus, morreu na terça feira, aos 45 anos, em sua casa, em Lisboa, vítima de cancro, informou à agência Lusa a irmã do músico, Cristina Ribeiro.

O corpo do compositor vai estar hoje, a partir das 16:30, em câmara ardente, na Igreja de Fátima, em Lisboa, de onde seguirá, na quinta feira, para o Cemitério dos Olivais, onde será cremado.

Já depois de ter saído do agrupamento Madredeus, do qual foi um dos fundadores, Francisco Ribeiro editou, em 2009, o álbum "A Junção do Bem", no âmbito do projeto Desiderata.

A doença levou-o a cancelar um espetáculo agendado para julho deste ano, na Casa da Música, no Porto, onde o álbum foi gravado, contou à Lusa Cristina Ribeiro, acrescentando que o irmão deixa muitos inéditos.

Compositor, letrista, vocalista e produtor, Francisco Ribeiro realizou mais de 500 concertos no mundo, sendo co-autor da banda sonora do filme "Lisbon Story", de Wim Wenders.

Foi membro da Stroud Symphony Orchestra e da Gloucester Symphony Orchestra, em 2002/03, tendo estudado violoncelo com o professor Henrique Fernandes e com Ruth Zagni.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.