Moradores esperam requalificação prometida para largo ao abandono

Moradores esperam requalificação prometida para largo ao abandono

 

Daniela Braga Correia   Regional   27 de Jun de 2010, 15:36

O loteamento da Rua Capitão Cordeiro foi construído há cerca de seis anos. Na altura da entrega das moradias foi prometido pela Secretaria Regional da Habitação e Equipamentos transformar o largo, que se encontra no centro deste loteamento num espaço útil e agradável. Contudo, depois de todo este tempo os moradores estão indignados porque o largo continua “abandonado e desprezado”.

“Este largo está assim há mais de cinco anos. Na altura em que me foi entregue a casa disseram que iriam fazer aqui um parque infantil e falaram também numa creche. Qualquer coisa é melhor do que isto”, diz Ana Medeiros.

Segundo a mesma, este espaço constitui um perigo para todos os moradores, mas principalmente para as crianças, que têm o hábito de brincar no local. “O meu filho uma vez veio comigo por ali e cortou o pé em vidros. Há pessoas que atiram garrafas para este largo e algumas atiram também lixo”, contou.

Um outro problema que afecta os moradores prende-se com o elevado número de baratas e ratos que aparecem nas casas. “Os miúdos costumam abrir os bueiros que estão ali e saem de lá muitos ratos e baratas. O pior é que depois os ratos entram nos outros bueiros e entram nas casas”.

A moradora referiu ainda que já foi estabelecido um contacto com o presidente da Junta de Freguesia no sentido de resolver este problema. “Nós já fomos falar com o nosso presidente e ele disse-nos que já foi prometido fazer este ano obras neste largo e também abrir uma rua que dá acesso à escola. A rua já estão a abrir, mas aqui ainda não fizeram nada”, sublinhou. 

Leia esta notícia na íntegra no jornal Açoriano Oriental de Domingo,
Dia 27 de Junho de 2010


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.