Mitt Romney não será candidato às presidenciais de 2016 nos Estados Unidos

Mitt Romney não será candidato às presidenciais de 2016 nos Estados Unidos

 

Lusa/AO online   Internacional   30 de Jan de 2015, 17:26

O republicano Mitt Romney anunciouque não será candidato à Casa Branca em 2016, terminando com as especulações que surgiram nas últimas semanas sobre uma eventual terceira candidatura presidencial.

 

“Depois de muito refletir sobre uma nova candidatura presidencial, decidi que era melhor dar a oportunidade a outros líderes do partido de serem o nosso próximo candidato”, disse Romney durante uma teleconferência com apoiantes, transmitida em direto pelo canal de informação CNN.

Este anúncio coloca um fim a três semanas de especulação sobre uma eventual terceira candidatura presidencial de Romney, depois de o republicano ter afirmado num evento com doadores em Nova Iorque que ainda estava seriamente interessado na Casa Branca.

Durante a teleconferência de hoje, Romney admitiu que gostaria de ter sido Presidente dos Estados Unidos, mas afirmou que chegou a altura de apostar na próxima geração de líderes republicanos.

Líderes que, segundo Mitt Romney, ainda não têm grande popularidade e que ainda não transmitiram a sua mensagem ao país, mas que vão surgir e ter a capacidade de derrotar o candidato democrata.

“Na verdade, confio e espero que seja esse o caso”, concluiu o empresário, que perdeu as primárias presidenciais republicanas em 2008 e a corrida à Casa Branca em 2012 contra o democrata Barack Obama.

A perspetiva de uma terceira candidatura presidencial de Romney, milionário e ex-governador de Massachusetts, não foi bem recebida por vários representantes republicanos no Congresso norte-americano.

Para muitos republicanos, Mitt Romney não conseguiu em 2012 separar-se da imagem de candidato dos ricos.

No entanto, as sondagens eram favoráveis a uma eventual candidatura de Romney.

Em todas as mais recentes sondagens de opinião, o empresário surgia à frente de Jeb Bush (antigo governador da Florida e filho e irmão de Presidentes dos Estados Unidos), outro dos nomes mais falados do lado republicano para a corrida presidencial.

Do lado dos democratas, o nome da antiga secretária de Estado Hillary Clinton é o favorito para a corrida presidencial de 2016.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.