Mítico lugar dos Anjos volta a acolher Festival Santa Maria Blues

Mítico lugar dos Anjos volta a acolher Festival Santa Maria Blues

 

LUSA/AO online   Cultura e Social   9 de Jun de 2017, 13:42

O mítico lugar dos Anjos, à beira-mar, em Santa Maria, nos Açores, volta a acolher, entre 13 e 15 de julho, o festival de blues, evento internacional, com um cartaz com nomes de Portugal, Holanda, América e Espanha

"Este festival são três dias de blues. É um festival específico em que só se ouve blues de vários géneros e de várias partes do mundo da Europa, Estados Unidos e é um evento que tem duas bandas por noite e um dj por noite”, disse o presidente da Associação Escravos da Cadeínha, António Monteiro, organismo que promove o evento, em declarações à agência Lusa.

O festival, que decorre anualmente em julho, assinala este ano a XIV edição e, segundo a organização, o Santa Maria Blues é atualmente o festival mais antigo daquele género sem interrupções e o maior festival de blues que se realiza em Portugal.

“O evento decorre no mítico lugar dos Anjos onde entraram os primeiros povoadores nas ilhas dos Açores. Um lugar que fica a beira-mar”, explicou António Monteiro, acrescentando que a associação adquiriu há três anos um espaço novo que está a infraestruturar para dar cada vez mais condições ao público que adere, de ano para ano, cada vez mais ao evento.

A XIV edição abre no dia 13 de julho com um cartaz onde figuram os açorianos Tiki & Franco Blues Band e Messias & The Hot Tones, portugueses que venceram este ano o European Blues Challenge.

A 14 de julho atuam Detonics, da Holanda, Markey Blue, Estados Unidos da América, encerrando o festival a 15 de julho com Mr Groovy and the Blue Heads, de Espanha, uma banda com nove elementos, e Samantha Fish, dos Estados Unidos da América.

"Este ano estamos a homenagear a natureza e este ano vamos aumentar a zona do jardim no recinto ao ar livre que tem capacidade para cerca de 3.000 pessoas", explicou.

Salientando que a iniciativa foi integrada na União Europeia de Blues, o presidente da Associação frisou que o evento tem vindo "a consolidar-se de ano para ano" e "passou a ser o maior festival de blues que se realiza no pais", com um público cuja faixa etária que varia entre os 30 e 70 anos.

"Este ano estamos a internacionalizar a marca Santa Maria Blues, que é uma marca registada, e apostamos muito na promoção do nosso festival", sublinhou, indicando que o maior concurso de blues que se realiza na Europa, com 30 países em disputa, o European Blues Challenge, será realizado em 2019, na ilha de São Miguel.

Os ingressos, com um custo de 15 euros para não-sócios, o bilhete diário, e oito euros para sócios, já estão à venda na Ticketline, nas lojas aderentes e, segundo António Monteiro, podem ser adquiridos pacotes que combinam bilhetes para o festival e a passagem de barco.

O festival Santa Maria Blues contou no ano passado com mais de 5.000 pessoas durante os três dias do evento, segundo a organização.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.