MIssões empresariais em Cabo Verde

MIssões empresariais em Cabo Verde

 

lusa   Regional   13 de Nov de 2011, 13:40

Quatro missões empresariais portuguesas, que congregam 34 empresas, participam segunda-feira na Cidade da Praia num "workshop" com congéneres cabo-verdianas, iniciativa que antecede a 15.ª Edição da Feira Internacional de Cabo Verde (FIC).

Fonte empresarial portuguesa disse hoje à Agência Lusa que as missões são lideradas pela Associação Industrial Portuguesa (AIP), Associação Industrial do Distrito de Aveiro (AIDA), Associação Nacional das Empresas Metalúrgicas e Electromecânicas (ANEMM) e Agência para a Promoção do Investimento dos Açores (APIA).

Entre os setores representados no "spotover", integrado na FIC, que decorre de quarta-feira a domingo no Mindelo (ilha de São Vicente), figuram o ecoturismo, metalomecânica, fabricação de tabaco, construção, equipamentos hoteleiros, instalações elétricas, "webdesign", serviços de comunicação e construção de veículos elétricos.

O fórum engloba um seminário empresarial em que será apresentado um estudo de oportunidades, elaborado no âmbito do projeto e direcionado ao mercado cabo-verdiano, assim como uma bolsa de contactos e uma pequena mostra/apresentação das empresas e produtos entre os empresários portugueses, homens de negócios e entidades de referência na Cidade da Praia, visando maximizar os resultados da participação na FIC.

Para aliciar as empresas lusas, Cabo Verde pretende aplicar, nos próximos cinco anos, um programa que dá prioridade ao desenvolvimento e reestruturação dos setores da energia, transportes, infraestruturas e modernização das pescas, bem como a criação de condições para a atração de capitais externos.

A agricultura é considerada um eixo estratégico, com um ambicioso projeto de construção de 17 barragens e mais de 70 diques, um pouco por todo o arquipélago, de forma a captar os milhões de metros cúbicos de água que anualmente se perde no mar por falta de retenção da água das chuvas.

Outro objetivo preconizado pela parte portuguesa que integra a organização da feira é a oportunidade de conhecer e contactar empresários, associações empresariais e autoridades de Cabo Verde, mas também dos restantes 14 países da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO).

De quarta-feira a domingo, a maioria dos empresários segue para o Mindelo, onde participa na FIC, evento co-organizado pela AIP-Feiras, Congressos e Eventos/FIL e pela Feira Internacional de Cabo Verde SA.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.