Missão de resgate de tripulante do navio Santa Mafalda

Carregando o video...

 

Ana Carvalho Melo   Regional   26 de Jan de 2016, 11:52

O Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada (MRCC Delgada), em articulação com a Força Aérea Portuguesa (FAP), coordenou a missão de resgate de um tripulante que apresentava trauma na face com hemorragia.

Segundo comunicado, tratava-se de um homem de 53 anos e de nacionalidade portuguesa que foi atingido por um cabo a bordo do navio de pesca Santa Mafalda.


O pedido de auxílio foi recebido no MRCC Delgada pelas 13h30 locais de segunda-feira, quando o navio navegava a cerca de 410 milhas náuticas (759 quilómetros) a noroeste da ilha de São Miguel, tendo sido imediatamente contactado o Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODUMAR) do INEM, o qual, após falar com o comando do navio, identificou a necessidade de evacuação urgente do tripulante.


Após a informação do CODUMAR, o MRCC Delgada solicitou ao Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Aéreo das Lajes (RCC Lajes) o empenhamento dos meios aéreos da FAP e a condução das operações de evacuação do tripulante. Para o efeito foi empenhado o helicóptero EH-101 Merlin destacado na Base Aérea n.º 4, nas Lajes, e a aeronave P-3C da Base Aérea nº11, Beja.


A evacuação do tripulante foi executada com sucesso, tendo o helicóptero aterrado no Aeroporto de Ponta Delgada às 4h17 locais e o acidentado sido posteriormente transferido para o Hospital do Divino Espírito Santo, com apoio de uma ambulância do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.