Ministros iniciam discussão sobre capturas para 2013

 Ministros iniciam discussão sobre capturas para 2013

 

Lusa/AO online   Economia   18 de Dez de 2012, 09:05

Os ministros da Pescas da União Europeia (UE) começam esta terça-feira, em Bruxelas, a discutir as possibilidades de pesca para 2013, com base numa primeira proposta da Comissão Europeia que prevê um corte médio de 11%.

Portugal poderá ver aumentada a quota de pescada e de verdinho, mas diminuída a de tamboril, lagostim e linguado, entre outras espécies, mas o resultado final depende do longo processo negocial.

Ainda hoje, começam as reuniões trilaterais (Conselho, Comissão e Estado-membro), que conduzirão à apresentação, na quarta-feira, de uma primeira proposta de compromisso.

As discussões sobre os totais admissíveis de capturas para a UE e respetivas quotas nacionais duram, tradicionalmente, várias horas, podendo mesmo prolongar-se pela madrugada de quinta-feira.

Portugal estará representado, no Conselho de Ministros, pela responsável pela tutela, Assunção Cristas.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.