Ministra das Finanças diz que "Portugal não precisa de caridade"


 

Lusa/AO online   Economia   21 de Jan de 2015, 11:25

A ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque, afirmou no parlamento que "Portugal não precisa de caridade" e destacou que os mercados já estão a emprestar a um prazo mais longo do que os credores internacionais.

 

Maria Luís Albuquerque, que está hoje a ser ouvida na comissão parlamentar de Orçamento, Finanças e Administração Pública, afirmou, em resposta à deputada do Bloco de Esquerda Mariana Mortágua, que "o Banco Central Europeu não pode financiar défices nacionais" e que "dizer que o BCE deve emitir moeda para financiar défices como se não houvesse contrapartidas é até perigoso porque cria a ilusão de que há soluções fáceis".

A governante defendeu que os outros países do euro, que cumpriram as regras europeias, quererão "alguma coisa em troca" até para os governantes desses países "não se verem colocados na situação de, perante os seus eleitores, dizer 'mas porque é que nós poupámos e outros não precisam de o fazer?'".


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.