Educação

Ministra da Educação condenada por desobediência


 

Lusa / AO online   Nacional   6 de Mai de 2010, 18:51

A ministra da Educação foi esta quinta-feira condenada por desobediência ao Tribunal Administrativo e Fiscal de Beja e ao pagamento de uma multa por não ter sido retirada a avaliação de desempenho do concurso de colocação de professores, afirma a Fenprof.
Em comunicado, a Federação Nacional dos Professores (Fenprof), citando o tribunal, afirma que Isabel Alçada foi condenada ao "pagamento de sanção pecuniária compulsória", cujo montante diário foi fixado "em oito por cento do salário mínimo nacional mais elevado em vigor", por cada dia de atraso para além de 04 de Maio e até ao cumprimento do que foi decidido provisoriamente.

Contactado pela agência Lusa, o Ministério da Educação remeteu para mais tarde qualquer comentário.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.