Ministra da Administração Interna lamenta mortes em tiroteio na Quinta do Conde

Ministra da Administração Interna lamenta mortes em tiroteio na Quinta do Conde

 

AO/Lusa   Nacional   30 de Ago de 2015, 11:39

A ministra da Administração Interna lamentou sábado "profundamente a morte de dois elementos das forças de segurança", um militar da GNR e um agente da PSP, num tiroteio na Quinta do Conde, em Setúbal.

 

Em comunicado enviado à agência Lusa, Anabela Miranda Rodrigues enviou "sentidas condolências" às famílias das vítimas, "bem como a todo o efetivo da GNR e da PSP", lamentando também a morte de uma terceira pessoa nos mesmos incidentes.

O militar da GNR morto pertencia ao comando de Setúbal e tinha “25 anos”, disse à agência Lusa o tenente-coronel Jorge Goulão, do comando territorial de Setúbal daquela força.

A outra vítima mortal era um elemento da PSP, fora de serviço, que ouviu tiros e foi abatido ao chegar ao local, indicou à Lusa o presidente do Sindicato Nacional de Polícia (SINAPOL), Armando Ferreira.

A terceira vítima era um jovem de 23 anos que morreu já no Hospital de São Bernardo, em Setúbal, para onde foi levado depois de ter ficado gravemente ferido no tiroteio, disse fonte hospitalar.

A GNR foi alertada para o tiroteio, numa rua na Quinta do Conde, no concelho de Sesimbra, por volta das 17:00, tendo mobilizado várias patrulhas para o local.

De acordo com a mesma fonte da GNR, os tiros foram disparados por um homem de 77 anos, o qual, perante a intervenção da Guarda, terá acabado “por tentar o suicídio, com um tiro de caçadeira”, ficando ferido e sendo detido e transportado para o Hospital de Setúbal.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.