Ministério da Saúde já abriu inquérito epidemiológico sobre surto de Legionella

Ministério da Saúde já abriu inquérito epidemiológico sobre surto de Legionella

 

LUSA/AO Online   Nacional   8 de Nov de 2014, 13:10

O Ministério da Saúde iniciou na sexta-feira "um inquérito epidemiológico para averiguar a fonte potencial de contaminação" e constituiu uma equipa liderada pelo Diretor Geral da Saúde para acompanhar o tema, disse à Lusa uma fonte oficial.

"Ontem [sexta-feira] foi iniciado inquérito epidemiológico para averiguar a fonte potencial de contaminação e vão ser tomadas medidas para a sua eliminação", disse à Lusa uma fonte oficial do Ministério liderado por Paulo Macedo, acrescentando também que a equipa constituída "é liderada pelo diretor geral de saúde". A constituição da equipa foi motivada pelo surto de 'legionella' que se registou na zona de Vila Franca de Xira, na sexta-feira, e que já fez uma vítima mortal hoje. A equipa é constituída pela Direção Geral de Saúde, Instituto Nacional de Saúde dr. Ricardo Jorge, delegados de Saúde e Administração de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, e o ministro tem "acompanhado pessoalmente a evolução da situação e participado em algumas reuniões". Os trabalhos, conclui a fonte oficial do Ministério da Saúde, estão concentrados em duas frentes: "na assistência e tratamento dos doentes e na identificação da fonte de contaminação". A bactéria “legionella” é responsável pela Doença dos Legionários, uma pneumonia grave, cuja infeção se transmite por via aérea (respiratória), através da inalação de gotículas de água ou por aspiração de água contaminada.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.