Milhares de trabalhadores pedem em Barcelona recuperação dos direitos perdidos

Milhares de trabalhadores pedem em Barcelona recuperação dos direitos perdidos

 

Lusa / AO online   Economia   1 de Mai de 2016, 12:45

Milhares de trabalhadores participam esta manhã em Barcelona, em Espanha, na manifestação central do 1.º de Maio, Dia do Trabalhador, convocada pelas Confederação Sindical das Comissões de Trabalhadores e pela UGT.

 

Os trabalhadores reivindicam a luta contra a pobreza salarial e social e a recuperação dos direitos perdidos nos últimos anos.

A manifestação começou pouco antes das 12:00 horas (11:00 em Lisboa), na praça Urquinaona, com muitos líderes sindicais e políticos na dianteira, como o presidente da UGT da Catalunha, Matias Carnero, o secretário-geral, Camil Ros, e o líder Confederação Sindical das Comissões de Trabalhadores na Catalunha, Joan Carles Gallego, o vice-presidente e ministro da Economia, Oriol Junqueras, o presidente do Parlamento, Carme Forcadell, e representantes de grupos como o PSC, Catalunya sí Que Es Pot ou Ciudadanos.

A manifestação conta também com uma ampla representação dos trabalhadores de empresas com problemas, como a fábrica da Delphi em Sant Cugat del Vallès (Barcelona), que fechará este ano, deixando 540 desempregados.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.