Milhares de pessoas protestam em Berlim contra endurecimento das leis de emigração


 

Lusa/AO online   Internacional   16 de Set de 2017, 17:33

Milhares de pessoas participaram, em Berlim, na chamada "marcha antirracista", convocada contra o endurecimento da lei do asilo e a favor do direito de todos os emigrantes permanecerem na Alemanha.

Segundo fontes da polícia da capital alemã, a marcha contou com mais de cinco mil pessoas. Pelo seu lado, os organizadores garantem que os manifestantes eram mais de 7.500, reunindo emigrantes, refugiados e ativistas de esquerda provenientes de toda a Alemanha.

"Trinta autocarros com refugiados de todo o país vieram à manifestação. Contámos com milhares de participantes", avançou um porta-voz da organização ainda antes do arranque da marcha.

A intenção da marcha foi a de dar voz "a quem não é habitualmente escutado", uma semana antes das eleições gerais na Alemanha.

Os manifestantes percorreram o bairro onde fica situada a sede do Governo, no centro da cidade, exibindo cartazes com frases como "Emigrantes bem-vindos", "Basta de guerra aos emigrantes" e "O asilo não é negociável".



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.