Grécia

Milhares de gregos protestam contra medidas de rigor


 

Lusa / AO online   Economia   24 de Fev de 2010, 15:49

As principais centrais sindicais conseguiram esta quarta-feira mobilizar milhares de manifestantes em várias cidades gregas para contestar as medidas de austeridade do Governo destinadas a salvar o país de uma crise financeira sem precedentes.
A Grécia está praticamente paralisada, desde a meia-noite, devido a uma greve geral, que está a afectar vários sectores de actividade

As centrais sindicais, como a poderosa Confederação Geral de Trabalhadores gregos (GSEE, com um milhão de associados), conseguiram reunir em Atenas cerca de 30 mil manifestantes, segundo a polícia, que desfilaram no centro da capital grega exibindo cartazes com frases contra as políticas do governo socialista de George Papandreou.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.