Milhares de emigrantes esperados hoje no Santuário de Fátima

Milhares de emigrantes esperados hoje no Santuário de Fátima

 

Lusa/AO Online   Nacional   12 de Ago de 2014, 06:28

Milhares de pessoas são esperadas esta terça-feira e na quarta-feira, no Santuário de Fátima, para a peregrinação dos migrantes que, este ano, destaca os emigrantes portugueses, devido ao "grande aumento" do seu número, nos últimos anos.

 

A peregrinação, integrada na 42.ª Semana Nacional de Migrações, uma iniciativa da Comissão Episcopal da Pastoral Social e Mobilidade Humana e da Obra Católica Portuguesa de Migrações, é presidida pelo bispo da Diocese do Porto, António Francisco dos Santos.

O prelado foi, na década de 1970, responsável pastoral da comunidade portuguesa emigrante da paróquia de S. João Baptista de Neuilly-sur Seine, em França.

Esta peregrinação, que tradicionalmente maior número de fiéis reúne na Cova da Iria, depois das de 13 de maio e de 13 de outubro, começa às 18:30, na Capelinha das Aparições, com o acolhimento pelo bispo de Leiria-Fátima, e saudação pelo prelado do Porto, seguindo-se, três horas depois, a recitação do terço, a procissão das velas e a celebração da eucaristia.

As cerimónias são retomadas na manhã de quarta-feira, com a recitação do terço, às 09:15, na Capelinha das Aparições, e, pelas 10:00, começa a principal celebração, a missa, que inclui a oferta de trigo - uma tradição que se repete desde 1940, em todos os dias 13 de agosto –, a bênção dos doentes e a procissão do adeus.

Segundo o Santuário de Fátima, durante o ano de 2013 foram oferecidos ao templo 11.213 quilos de trigo e 404 quilos de farinha, onde se consumiram aproximadamente 15.000 hóstias e 1.455.000 partículas, nas 6.955 missas celebradas.

O diretor da Obra Católica Portuguesa de Migrações, frei Francisco Sales Diniz, explicou que a peregrinação dos migrantes é, este ano, centrada nos emigrantes portugueses, devido “ao grande aumento do número de emigrantes”, alguns “com tantas dificuldades lá fora e a viverem situações dramáticas”.

Estima-se que, entre 2007 e 2012, deixaram o país, em média, 80 mil portugueses por ano.

Até segunda-feira de manhã, estavam inscritos no Serviço de Peregrinos do Santuário de Fátima 29 grupos, nacionais e estrangeiros.

A peregrinação dos migrantes é o ponto alto da 42.ª Semana Nacional de Migrações - este ano subordinada ao tema “Migrações, rumo a um mundo melhor” - que arrancou no domingo e termina uma semana depois, no próximo dia 17.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.