Miguel Oliveira poderá alcançar o MotoGP em 2019

Miguel Oliveira poderá alcançar o MotoGP em 2019

 

Lusa/AO online   Outras modalidades   21 de Ago de 2017, 10:43

O piloto português Miguel Oliveira é um dos destaques da presente época de Moto2, mas o pai do 'motard', Paulo Oliveira, acredita que o filho poderá alcançar o MotoGP, a principal categoria do motociclismo, já em 2019.


Em declarações à agência Lusa, prestadas à margem da quarta prova da Oliveira Cup, um torneio de aprendizagem para jovens pilotos entre os 10 e os 14 anos, o principal mentor da carreira do melhor piloto português de sempre elogia a presente temporada do filho e assumiu que o próximo ano deverá ser o último na atual categoria.

"O que está previsto para o próximo ano é o Moto2 e, depois, vamos ver. Em 2019 vão estar de novo lugares abertos no MotoGP e penso que pode ser uma boa oportunidade para o Miguel subir ao MotoGP em 2019", revelou.

A convicção do progenitor surge cerca de um mês depois de o 'motard' ter efetuado testes pela KTM na moto da classe rainha, em Aragão (Espanha), tendo Miguel Oliveira realizado cerca de 60 voltas como um "bónus" da sua equipa pelo trabalho de desenvolvimento da mota ao longo deste ano.

Com a presença em quatro pódios neste Mundial e pontos em oito das 11 corridas realizadas, Miguel Oliveira ocupa o quarto lugar da classificação, com 130 pontos, menos 76 do que o líder, o italiano Franco Morbidelli (206). Sobre as expectativas até ao final da época, Paulo Oliveira acredita que o filho some o primeiro triunfo e termine entre os cinco primeiros.

"Não posso dizer que ele vá ganhar corridas ou não, mas tem potencial para tal e penso que a mota ainda vai melhorar bastante. Penso que ainda pode atingir uma vitória esta época, pois ainda faltam bastantes corridas até ao final da temporada", disse.

Na última prova, no Grande Prémio da Áustria, o 'motard' luso sofreu uma queda aparatosa a cerca de 190 quilómetros/hora. Apesar de ter escapado ileso, Miguel Oliveira sente ainda algumas dores, mas estará presente na próxima corrida, em Silverstone, no dia 27, para tentar o regresso aos pontos no Mundial de Moto2.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.