Bruxelas deve propor recomendação para acabar com "deficiências" na Grécia

Bruxelas deve propor recomendação para acabar com "deficiências" na Grécia

 

Lusa/AO Online   Internacional   1 de Fev de 2016, 16:47

A Comissão Europeia deve propor na terça-feira medidas para que a Grécia ultrapasse as "deficiências graves" na sua gestão do afluxo de migrantes, na fronteira com a Turquia, segundo um porta-voz.

 

O colégio de comissários europeus deverá propor uma “recomendação ao Conselho (no qual estão representados membros do espaço Schengen) com medidas para resolver a situação" na Grécia, afirmou Margaritis Schinas, porta-voz do executivo comunitário.

À agência France Presse, um outro porta-voz referiu que esta primeira recomendação não será pública.

Na base da recomendação está um relatório, divulgado na semana passada, que refere que a Grécia “negligenciou, de forma séria, as suas obrigações” na gestão da sua fronteira externa do espaço Schengen, colocando em risco o funcionamento do espaço de livre circulação em 26 países.

O documento enumerou a falhas no registo de identificação dos migrantes, nomeadamente a autenticidade dos documentos.

Alguns Estados-membros já colocaram a hipótese de prolongar até dois anos, em vez dos atuais seis meses, o período para serem restabelecidos os controlos fronteiriços.

Seis estados membros do espaço Schengen recolocaram temporariamente o controlo de fronteiras, no âmbito da crise dos migrantes.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.