Metade do novo Governo canadiano é composto por mulheres

Metade do novo Governo canadiano é composto por mulheres

 

Lusa/AO Online   Internacional   5 de Nov de 2015, 06:55

O novo Governo Federal do Canadá, hoje empossado numa cerimónia que decorreu em Otava, conta pela primeira vez com uma composição paritária de homens e mulheres.

Na capital do Canadá, no Rideau Hall, a residência oficial do governador-geral, David Johnston, o novo primeiro-ministro do país, Justin trudeau, nomeou para a sua equipa 30 ministros, 19 deles estreantes.

Este é a primeira vez na história canadiana em que metade do elenco governativo é do sexo feminino.

"Estamos em 2015", recordou Justin Trudeau, ao justificar a forte presença feminina no seu executivo.

O novo ministro das Finanças, que foi pela primeira vez eleito deputado, é o empresário milionário de Toronto Bill Morneau.

O novo gabinete inclui alguns nomes com alguma experiência do Partido Liberal (esquerda), nomeadamente John McCallum (Imigração) Stephane Dion (Negócios Estrangeiros) e Ralph Goodael (Segurança Publica).

O Partido Liberal venceu as eleições legislativas do Canadá de 19 de outubro com maioria absoluta, após uma quase uma década de governo conservador.

Foram eleitos dois deputados lusodescendentes, ambos liberais: Peter Fonseca, pelo distrito eleitoral de Mississauga East - Cooksville, na área de Toronto, e Alexandra Mendes, a sul de Montreal, em Brossard-Saint Lambert.

Está agendada para o 13 de novembro, no parlamento em Otava, a cerimónia oficial de tomada de posse dos deputados.

No dia 3 de dezembro vão iniciar-se os trabalhos da legislatura, com o 'Discurso do Trono', que traça os principais objetivos do governo, previsto ser anunciado no dia seguinte.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.