Mestrados em gestão da Nova e da Católica nos 50 melhores para o Financial Times

Mestrados em gestão da Nova e da Católica nos 50 melhores para o Financial Times

 

Lusa/AO Online   Economia   15 de Set de 2014, 07:19

Dois mestrados em gestão portugueses, das escolas de economia da Universidade Nova de Lisboa e da Universidade Católica Portuguesa, fecham este ano o top 50 das melhores formações de nível master no

Esta publicação avalia anualmente as 70 melhores formações em gestão ao nível dos mestrados e este ano, colocando o curso da Nova Business School of Economics (SBE) na 48.ª posição (seis lugares acima do 54.º posto ocupado em 2013) e o curso da Católica Lisbon School of Business and Economics imediatamente abaixo, no 49.º lugar (acima do 52-º posto ocupado em 2013).

Para a Nova SBE o ‘ranking do Financial Times demonstra ainda que entre mestrados que integram a lista este é aquele que tem o 39.º melhor retorno face ao investimento realizado. O salário de um diplomado pela Nova SBE é, atualmente, de cerca de 32 mil euros anuais, e a taxa de empregabilidade para quem termina o mestrado é, ao fim de três meses, de 85%.

No caso do mestrado da Católica, esta formação superior apresenta o 43.º melhor retorno face ao investimento feito, e os seus diplomados ganham, anualmente, cerca de 30 mil euros. A taxa de empregabilidade é, no entanto, superior à da Nova SBE, com um registo de 97%.

No entanto, a Nova SBE leciona também o quinto melhor mestrado em gestão, criado pela rede CEMS, uma aliança global de dezenas de universidades e empresas que desenvolveu uma formação especializada e que pretende formar gestores de topo. A formação da rede CEMS subiu dois lugares face a 2013.

Este mestrado é visto pelo Financial Times como o 2.º melhor em termos de retorno face ao investimento e tem uma taxa de empregabilidade ao fim de três meses de 93%. O salário anual dos diplomados é superior a 48.500 euros anuais.

O ‘ranking’ de 2014 volta a ser liderado pela universidade suíça St. Gallen. Em segundo lugar está um mestrado da francesa HEC Paris, e em terceiro lugar ficou posicionada outra instituição francesa, a Essec Business School.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.