Messi eleito pela segunda vez Melhor na Europa

Messi eleito pela segunda vez Melhor na Europa

 

Lusa/AO online   Futebol   27 de Ago de 2015, 17:50

Lionel Messi foi eleito pela segunda vez, em cinco anos de existência do troféu da UEFA, o Melhor Jogador a atuar na Europa, batendo Cristiano Ronaldo, vencedor na época passada, e Luis Suárez.

 

O internacional argentino foi o preferido na eleição feita por 54 jornalistas em representação de cada um dos países membros da UEFA relativa à época 2014/15, a partir da lista de três nomes conhecida a 12 de agosto.

O anúncio do prémio foi feito no decorrer de uma cerimónia que decorreu no Mónaco, integrada no sorteio da fase de grupos da Liga dos Campeões, que conta com a participação de Benfica e FC Porto.

Messi marcou 62 golos (58 pelo FC Barcelona e quatro pela Argentina) em 2014/15, ajudando o 'Barça' a arrebatar o 'triplete' (Liga dos Campeões, Liga espanhola e Taça do Rei), sendo que, esta época, já acrescentou a Supertaça europeia.

O argentino já tinha vencido o prémio na primeira edição, em 2010/11. Depois, ganharam o espanhol Andrés Inista, também do FC Barcelona (2011/12), o francês Franck Ribéry, do Bayern Munique (2012/13) e, na época passada, o português Cristiano Ronaldo, do Real Madrid.

Nas mulheres, a escolha recaiu na avançada alemã Célia Sasic, com a ex-jogadora do Frankfurt e da seleção da Alemanha a recolher as preferências dos 18 jornalistas que acompanham com regularidade o futebol feminino.

Célia Sasic anunciou em julho que decidiu colocar um ponto final na sua carreira de futebolista, com apenas 27 anos, depois de ter conquistado a Liga dos Campeões e de se ter sagrado a melhor marcadora do Mundial.

Em segundo lugar, ficou a francesa Amandine Henry, do Lyon, e em terceiro a também jogadora do Frankfurt e da seleção germânica Dzsenifer Marozsán, de origem húngara.

A gala serviu também para anunciar o melhor golo e defesa da época 2014/15, com Lionel Messi a ser mais uma vez premiado, pelo seu segundo tento ante o Bayern de Munique, em Maio, em encontro da primeira mão das meias-finais da 'Champions'.

Messi entrou na área, 'sentou' o 'gigante' Boateng e, à saída de Manuel Neuer, picou a bola sobre o guarda-redes alemão, num golo que recolheu 40 por cento dos mais de meio milhão de votos no golo da época.

O alemão Marc-Andre Ter Stegen, guarda-redes do 'Barça', recebeu, por seu lado, o prémio pela melhor defesa, ocorrida na segunda mão da mesma meia-final, quando, em dois momentos, o segundo sobre a linha de golo, 'deteve' Robert Lewandowski.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.