Merkel e Hollande reafirmam compromisso com estabilização da Ucrânia

Merkel e Hollande reafirmam compromisso com estabilização da Ucrânia

 

Lusa/Açoriano Oriental   Internacional   16 de Jan de 2017, 16:57

A chanceler alemã, Angela Merkel, e o Presidente francês, François Hollande, reafirmaram perante o chefe de Estado ucraniano, Petro Poroshenko, o seu compromisso com a estabilização do leste da Ucrânia.

 

Segundo um comunicado do Governo alemão, Merkel e Hollande asseguraram ao líder ucraniano - no decurso de uma conferência por telefone - que a aplicação dos Acordos de Minsk – assinados em fevereiro de 2015 pela Ucrânia, Rússia, separatistas pró-russos e OSCE – “devem seguir em frente este ano com determinação”.

Este documento, mediado por Berlim e Paris, estabelecia um conjunto de condições de segurança e objetivos políticos destinados a garantir o fim das hostilidades no leste da Ucrânia e a estabilização da zona, para além da convocação de eleições locais e uma reforma da Constituição.

A aplicação destes acordos está bloqueada desde há meses devido à ausência de vontade política das duas partes beligerantes – rebeldes pró-russos e governo de Kiev –, que se negam a avançar com os compromissos e acusam sistematicamente a parte contrária.

Merkel e Hollande sublinharam no seu contacto com Poroshenko a necessidade de as duas partes cumprirem o cessar-fogo anunciado no Natal, e que, à semelhança dos anteriores, não está a ser respeitado ao longo da linha da frente.

Em paralelo, pugnaram pela melhoria da “situação humanitária” na região do Donbass, bem como por uma troca generalizada de prisioneiros entre as duas partes.

A Ucrânia confronta-se há dois anos com um conflito que opõe as suas forças a separatistas pró-russos que, segundo Kiev e os ocidentais, são apoiados militarmente pela Rússia, uma acusação que Moscovo desmente. O conflito já provocou mais de 9.600 mortos desde o seu início, em abril de 2014.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.