Merkel defende o novo pacote de ajuda para a Grécia

Merkel defende o novo pacote de ajuda para a Grécia

 

Lusa / AO online   Internacional   1 de Dez de 2012, 10:53

A chanceler alemã, Ângela Merkel, defendeu hoje o novo pacote de ajuda para a Grécia, mas expressou "compreensão" pelo ceticismo que possa despertar, uma vez que o passado de Atenas tem dececionado os parceiros.

 

O terceiro pacote de ajuda, aprovado na sexta-feira pelo Parlamento alemão (Bundestag) com ampla maioria, é “necessário”, disse a chanceler em declarações que o semanário “Bild am Sonntag” vai publicar no domingo.

Ao mesmo tempo, é preciso que derive nos “mínimos encargos adicionais possíveis”, acrescentou Merkel, que rejeitou as acusações da oposição Partido Social-Democrata da Alemanha (SPD), de que o Governo não contou a verdade sobre seus efeitos financeiros.

“Sei quais são as minhas responsabilidades e informo sempre devidamente o cidadão. Vou continuar a fazer isso para o bem da Alemanha e da Europa, e procurarei fazer com que as consquências financeiras sejam as mínimas possíveis”, disse Merkel ao semanário.

Mesmo assim, a chanceler afirma compreender “o ceticismo de muitos cidadãos”, já que “nos últimos anos a Grécia dececionou os seus parceiros” ao não cumprir os compromissos assumidos.

Merkel mostra-se convencida de que a situação mudou e insiste que ajudar esse país “ameaçado pela insolvência” é também “atual no interesse da Alemanha” e de toda a Europa.

As declarações da chanceler ocorrem depois de o Parlamento ter aprovado o terceiro pacote de ajuda à Grécia com os votos de boa parte dos deputados da coligação no Governo e o apoio da maioria dos opositores social-democratas e verdes.

A única formação que votou em bloco contra a ajuda foi A Esquerda, que já anunciou que vai pedir ao Tribunal Constitucional que verifique a constitucionalidade desse novo pacote de ajuda.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.