Itália

Membros do governo Berlusconi próximos de Gianfranco Fini demitem-se


 

Lusa/AO online   Internacional   15 de Nov de 2010, 16:32

Quatro membros do governo do primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi, próximos do ex-aliado Gianfranco Fini, demitiram-se esta segunda-feira, sem provocar a queda do governo, noticiou a agência ANSA.
O partido de Fini, Futuro e Liberdade para a Itália (FLI), “registou as demissões” do ministro dos Assuntos europeus, Andrea Ronchi, do vice-ministro para o Desenvolvimento Económico, Adolfo Urso, e dos secretários de Estado da Agricultura, Antonio Buonfiglio, e do Ambiente, Roberto Menia, segundo um comunicado dos presidentes dos grupos FLI nas duas câmaras do parlamento.

Um membro do serviço de imprensa do FLI, o novo partido que Fini está a criar, sublinhou que se tratavam de demissões “irrevogáveis”.

Um quinto membro do governo, Giuseppe Maria Reina, secretário de Estado das Infra-estruturas e Transportes, que pertence ao pequeno partido siciliano MPA, aliado de Fini, também apresentou a demissão, segundo os serviços do MPA.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.