"Médicos queixam-se de ameaças nas Urgências" é a manchete do Açoriano Oriental

"Médicos queixam-se de ameaças nas Urgências" é a manchete do Açoriano Oriental

 

Luís Pedro Silva   Regional   23 de Set de 2012, 00:00

Durante o último ano foram apresentadas 200 queixas de médicos e enfermeiros que foram ameaçados e alvos de tentativa de agressões no Serviço de Urgências. Conflitos nascem devido ao elevado tempo de espera no atendimento.

Moura bicampeão nacional de ralis.

Carro de rali incendiado.

Mulher com álcool despista-se no centro de Ponta Delgada.

Segurança Social deteta ama ilegal há 29 anos.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.