Mário Fortuna reconduzido na Câmara do Comércio

Mário Fortuna reconduzido na Câmara do Comércio

 

Isidro Fagundes   Regional   14 de Dez de 2010, 09:46

O economista Mário Fortuna foi ontem reeleito presidente da Câmara do Comércio e Indústria de Ponta Delgada para o triénio 2010-2013 com 154 votos a favor (com seis votos nulos e um em branco), num escrutínio que contou com lista única e que não esteve isento de polémica.
Carlos Mosca, advogado da Simaçor, questionou a legitimidade das eleições numa carta enviada à direcção da Câmara do Comércio e Indústria.

À Rádio Açores-TSF, o advogado explicou que “por força da decisão do tribunal que anulou as anteriores eleições, esta mesa não é a mesa da Câmara do Comércio. São elementos que concorreram à Câmara do Comércio mas não são mesa, porque não lhes foi conferido mandato”.

Mário Fortuna, ainda antes de serem conhecidos os resultados da votação, referiu que “esta é uma interpretação que faz o jurista do associado.[...] Nós entendemos que os órgãos sociais não foram destituídos”, disse.

Recorde-se que as eleições de ontem realizaram-se porque o tribunal anulou a decisão da Assembleia Geral Eleitoral de 3 de Abril de 2009, que elegeu os corpos sociais da Câmara do Comércio e Indústria de Ponta Delgada com base na “ilegalidade” de uma disposição estatutária sobre o “voto por correspondência”.

De acordo com o estatuto da organização, a tomada de posse deverá realizar-se no prazo máximo de onze dias após as eleições.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.