Marinha dá por terminada busca de salvamento de tripulante do "Toby Wallace"


 

Lusa/AO Online   Regional   16 de Fev de 2016, 06:46

A Marinha informou hoje que terminou definitivamente as buscas de salvamento de um tripulante da embarcação a remos "Toby Wallace", que desapareceu quando tentava bater o recorde de travessia do Atlântico.

“Considerando o esforço de busca realizado pelos diversos meios empregues e o grau de probabilidade de encontrar o náufrago, altamente condicionado pelo facto de na altura da queda ao mar não estar a envergar colete salva-vidas, o Centro de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada deu por terminada as buscas”, refere a Marinha.

Meios marítimos e aéreos tentaram localizar o tripulante do barco a remos que desapareceu, quando tentava bater o recorde da travessia remo do Atlântico.

A embarcação encontrava-se a cerca de 2.500 quilómetros, a sudoeste da ilha de São Miguel, quando foi dado o alerta, pelas 00:10 de segunda-feira.

“Durante as buscas realizadas pelas aeronaves e pelo navio mercante nunca foi registado o avistamento do náufrago, pelas 18:20 (de segunda-feira), o navio terminou as buscas e iniciou a manobra de resgate da tripulação, tendo recolhido todos os tripulantes (sete) pelas 18:50”, pode ler-se no comunicado.

A Marinha acrescenta que o “Lockheed P-3c CUP+ da Força Aérea Portuguesa chegou ao local às 14:35 e permaneceu na área de busca até às 16:15”.

“Durante aquele período, a aeronave cobriu uma área de 2.250 milhas náuticas quadradas”.

Nas operações de busca estiveram envolvidos a corveta António Enes, um Lockheed P-3C CUP+ Orion da Força Aérea Portuguesa, uma aeronave Falcon-50 da Marinha Francesa (que se encontrava em Dakar, Senegal) e o navio mercante SEA PEARL.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.