Marinha brasileira quer frota de submarinos para proteger reservas petrolíferas


 

Lusa / AO online   Internacional   21 de Nov de 2010, 17:38

A Marinha brasileira quer adquirir uma frota de seis submarinos nucleares e 20 convencionais até 2047 para proteger as suas gigantescas reservas de petróleo em águas muito profundas, noticia hoje o jornal Estado de São Paulo.

O custo estimado de cada submarino nuclear é de 550 milhões de euros. Dos 20 submarinos convencionais, 15 serão novos e cinco modernizados. A Marinha brasileira terá assim a força de dissuasão mais forte do continente sul-americano, sublinha o Estado.

Os submarinos serão construídos no novo estaleiro de Itaguaí, no Rio de Janeiro. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva irá visitar as obras em dezembro.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.