Marcelo partilha com todos "a alegria" da sua eleição como Presidente

Marcelo partilha com todos "a alegria" da sua eleição como Presidente

 

Lusa/AO online   Nacional   24 de Jan de 2016, 20:27

Marcelo Rebelo de Sousa afirmou querer partilhar com todos "a alegria" da sua eleição como Presidente da República, a partir da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, como gesto de reconhecimento pela instituição onde foi aluno e professor.

"É natural que queira a partir daqui partilhar com todos a alegria desta eleição e a responsabilidade do mandato que os portugueses acabam de me confiar. É um gesto simbólico de profundo reconhecimento para com esta faculdade", declarou.

No seu discurso de vitória, Marcelo Rebelo de Sousa quis "saudar em primeiro lugar o povo português", acrescentando: "É o povo quem mais ordena, e foi o povo que me quis dar a honra de me eleger Presidente da República de Portugal."

O antigo presidente do PSD agradeceu a todos os portugueses que lhe confiaram o voto, mas saudou "com o mesmo espírito" todos os que votaram noutros candidatos: "Todos me merecem o mesmo respeito. Todos fazem parte da pátria que somos, cá dentro e lá fora".

No início da sua intervenção, Marcelo Rebelo de Sousa explicou a escolha do átrio da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa como o local para esta noite eleitoral.

"Fiz questão de me dirigir ao país esta noite a partir da Faculdade de Direito de Lisboa, casa de liberdade, de pluralismo, de abertura de espírito. Não foi uma opção política, foi uma escolha de natureza afetiva. Ao longo de 50 anos, primeiro como aluno e depois como professor, esta casa fez de mim muito daquilo que sou", justificou.

Marcelo disse ter recebido dos pais e da sua formação inicial "os valores personalistas, a distinção entre o bem e o mal, a preocupação pelo país, o gosto pela simplicidade e o apego aos serviços dos outros".

"A Faculdade de Direito deu-me quase tudo o resto, e deu-me muito: a convicção da importância da educação e da investigação, a ideia do serviço público, a noção de que o futuro se constrói a aprender, a ensinar, a conviver, a partilhar o conhecimento", acrescentou.

 

Atualizada às 22h11


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.