Marcelo felicita 'designers' pela internacionalização da moda nacional

Marcelo felicita 'designers' pela internacionalização da moda nacional

 

Lusa/Açoriano Oriental   Nacional   25 de Mar de 2017, 17:24

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, felicitou os designers portugueses, no Porto, por estarem a conseguir "projetar para todo o mundo" o setor têxtil e do calçado através da moda feita em Portugal.

 

Marcelo Rebelo de Sousa visitou hoje à tarde a 40.ª edição do Portugal Fashion, evento de moda portuguesa que está a decorrer na Alfândega do Porto, viu o desfile do criador Nuno Baltazar e, depois de falar com alguns ‘designers’, designadamente com Katty Xiomara, Anabela Baldaque ou Tânia Nicole, que apresentaram as suas coleções para o próximo outono/inverno 2017-2018, ficou a saber que o negócio está a correr bem.

“Fala-se com os criadores e eles falam que é mais de 100, 150 países para onde exportam. (…) Um sucesso por esse mundo fora, porque há aqui uma dupla componente. A componente artística e a componente empresarial, em dois setores que são setores de sucesso no País que é a reconversão dos têxteis virados para a moda e a reconversão do calçado virado para a moda e projetando-se em todo o mundo”.

Marcelo Rebelo de Sousa explica que se deslocou hoje ao Portugal Fashion para “agradecer” e “felicitar” o trabalho desenvolvido ao longo de anos pelo evento de moda que apoia os criadores portugueses, “porque de ano para ano melhora”, referiu.

“Aquilo que começou há já alguns anos como um projeto, hoje é uma realidade e o Presidente da República atento àquilo que é juventude, criação, arte, economia e projeção do País tinha de vir cá”, explicou.

Segundo o Presidente da República, os criadores de moda com que falou hoje, todos lhe disseram que a participação no Portugal Fashion foi um “sucesso” e que “correu bem”.

“Foi muito acima do que tinham esperado, que tem vindo a subir em termos de encomendas, estão a entrar em novos mercados, inclusive mercados mais difíceis, como asiáticos, os árabes, estão a multiplicar a presença nos EUA”, descreveu, observando que o projeto Portugal Fashion está a prestar “um grande serviço nacional”.

Questionado sobre se segue as tendências, Marcelo Rebelo de Sousa declarou que hoje, depois de ver os coordenados dos estilistas portugueses, ficou a saber o que é que vai estar na moda para a próxima estação fria.

“Fiquei a saber, sobretudo pensando em senhoras, que nós encontramos muito cinza, muito preto - mas o preto é inevitável -, encontramos muito revivalismo, influências exóticas, encontramos depois muita influência de certos aspetos peculiares de cada um dos criadores” e “roupa intemporal”, onde não há propriamente uma divisão entre jovens e menos jovens”.

O Presidente da República, que confessou não ser vaidoso, registou ainda que a paleta para o próximo outono/inverno vai apostar “bastante” no azul, que confessa ser uma cor que gosta, “algum vermelho, pouco”, bastante azul, “cores muito variados”, mas sobretudo cinza e preto”.

Questionado pelos jornalistas sobre se tinha pedido aos criadores para apostarem mais na internacionalização, Marcelo Rebelo de Sousa considerou que os ‘designers’ já estão se estão a internacionalizar, porque são “jovens” e são “dinâmicos”.

Abordado para comentar se “esta moda presidencial era para todas as estações”, Marcelo Rebelo de Sousa concluiu afirmando que a moda presidencial era “para todos os portugueses”.

O Portugal Fashion termina hoje à noite com o desfile do ‘designer’ Miguel Vieira, que encerra pelas 23:30, a 40.ª edição do evento, no dia em que a passarela do edifício da Alfândega do Porto também recebe as coleções de Nuno Baltazar, Hugo Costa, Carla Pontes e Ana Sousa.

O Portugal Fashion 2015-2017 é financiado pelo Portugal 2020, no âmbito do Compete 2020 - Programa Operacional da Competitividade e Internacionalização, com fundos provenientes da União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional e que teve um fundo total aprovado de oito milhões para o triénio 2015/2017.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.