Marcelo bebeu um gin com César e Cordeiro, mas "a política ficou de lado"

Marcelo bebeu um gin com César e Cordeiro, mas 
"a política ficou de lado"

 

Lusa/AO Online   Regional   6 de Jun de 2017, 05:57

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, bebeu um gin com os políticos socialistas açorianos Carlos César e Vasco Cordeiro, mas assegurou que "a política ficou de lado".

 

O chefe de Estado, o atual e o ex-presidente do Governo Regional dos Açores estiveram durante cerca de uma hora sentados no famoso Peter Café Sport, na cidade na Horta, na ilha do Faial, ao final do dia.

Os jornalistas assistiram à distância a este convívio entre Marcelo Rebelo de Sousa, Vasco Cordeiro e o seu antecessor na chefia do executivo açoriano, Carlos César, atual presidente do PS e líder da bancada socialista na Assembleia da República.

No final, o Presidente da República assegurou, contudo, que "a política ficou de lado", dizendo que "foi uma conversa essencialmente sobre como inspirador é este local".

Nesta conversa estiveram também o Representante da República nos Açores, Pedro Catarino, e a presidente da Assembleia Legislativa dos Açores, Ana Luís, que chegou um pouco depois.

À chegada, houve um brinde conjunto com o proprietário do café, José Henrique Azevedo, com "gin do mar", também apelidado de "gin da amizade", num gesto que Marcelo Rebelo de Sousa descreveu como um "grande momento patriótico".

O presidente do Governo Regional dos Açores comentou que se tratava do "melhor gin deste lado do Atlântico", mas o Presidente da República contrapôs: "Melhor gin do mundo".

Marcelo Rebelo de Sousa elogiou o espaço, cheio de recordações de iates que passaram pelo porto da Horta, considerando que "é Portugal no seu melhor, e é Açores no seu esplendor", e arranjou um pretexto para regressar já no próximo ano.

"Ah, é o centenário aqui do Peter? Ah, então está feito", declarou, perante as gargalhadas de Vasco Cordeiro, acrescentando: "Mais uma deslocaçãozinha simpática que eu terei de fazer, mas aí provavelmente a título privado, não pode ser programa oficial".

"Depois há de dizer-me qual é a melhor ocasião", pediu Marcelo, dirigindo-se para o proprietário, que explicou que o aniversário do Peter é no dia 25 de dezembro, mas as celebrações vão durar todo o ano de 2018.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.