Marcelo almoçou com seis ex-adversários e falou por Skype com Marisa Matias

Marcelo almoçou com seis ex-adversários e falou por Skype com Marisa Matias

 

Lusa/Açoriano Oriental   Nacional   24 de Jan de 2017, 17:19

Marcelo Rebelo de Sousa, eleito Presidente da República há um ano, assinalou a data com um almoço com seis ex-adversários e falou por Skype com a eurodeputada Marisa Matias, que não pôde estar presente.

 

O chefe de Estado recebeu no Palácio de Belém os ex-candidatos presidenciais António Sampaio da Nóvoa, Maria de Belém Roseira, Paulo de Morais, Henrique Neto, Jorge Sequeira e Vitorino Silva, conhecido como Tino de Rans, durante cerca de uma hora e meia. No final do almoço, tiraram uma fotografia de grupo, na varanda do palácio.

A conversa com Marisa Matias aconteceu antes do almoço e foi registada em vídeo e divulgada na página da Presidência da República na Internet. Nesse vídeo, Marcelo Rebelo de Sousa deseja à eurodeputada do Bloco de Esquerda "boa sorte para a sua longuíssima vida política" e agradece-lhe pela campanha que fez em 2016.

"Muito obrigada por aquela campanha, e pelo contributo que deu a Portugal e está a dar a Portugal", afirma o Presidente da República, no final da conversa, que durou cerca de três minutos. "Obrigada a si também", responde Marisa Matias, a partir de Bruxelas, onde tinha trabalhos do Parlamento Europeu.

Nesta conversa, Marcelo Rebelo de Sousa aparece no seu gabinete, à secretária, em frente ao computador, e vê-se Marisa Matias no ecrã, sorridente.

Os dois trocam cumprimentos, falam brevemente sobre o trabalho da eurodeputada, lamentam não poderem estar juntos no almoço de hoje em Belém, e o Presidente da República elogia a sua ex-adversária.

"Foi uma campanha eleitoral inesquecível, e uma das grandes surpresas foi, de facto, a sua candidatura. Valorizou o debate político, teve um êxito que ultrapassou as expectativas e foi, ao mesmo tempo, a consagração de uma vocação política a nível nacional", considera.

Marisa Matias diz-lhe que também gostou muito da campanha e do debate que os dois tiveram.

Os ex-candidatos presidenciais Edgar Silva e Cândido Ferreira também não puderam estar presentes no almoço de hoje no Palácio de Belém, o primeiro devido a afazeres políticos regionais e o segundo por se encontrar no estrangeiro.

Nas eleições presidenciais de 24 de janeiro de 2016, Marcelo Rebelo de Sousa foi eleito à primeira volta, com 52% dos votos.

Sampaio da Nóvoa, apoiado por parte do PS, ficou em segundo lugar, com 23%, e Marisa Matias em terceiro, com 10%. Em quarto lugar, com cerca de 4%, ficou a socialista Maria de Belém, também apoiada por uma parte do seu partido - que optou por não declarar apoio oficial a nenhum candidato.

Seguiram-se o candidato do PCP, Edgar Silva, com perto de 4%, Vitorino Silva, com aproximadamente 3%, Paulo de Morais, com cerca de 2%, e Henrique Neto, Jorge Sequeira e Cândido Ferreira, os três com menos de 1% dos votos.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.