Autarquias

Mapa autárquico pode ser reavaliado mas não resolverá problemas


 

Lusa/AO online   Nacional   10 de Nov de 2010, 17:22

O presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP), Fernando Ruas, admitiu esta quarta-feira a reavaliação do mapa autárquico, com fusões de Juntas e Câmaras, mas considerou que não será essa medida que resolve os problemas financeiros do país.
“Embora tudo seja passível de reavaliação, o que me custa é dar-se a entender que está ali o problema” do país e que a sua resolução passa pela “redução do número de freguesias e de municípios”, frisou aos jornalistas.

Na sua opinião, se assim fosse a França seria “um país na ruína”, uma vez que tem "mais de 40 mil municípios".

“E ainda tem regiões, que nós não temos. Neste momento em Portugal só há três patamares da administração: Estado central, municípios e freguesias”, lembrou.

O também presidente da câmara de Viseu garantiu que está aberto ao estudo de uma possível reformulação do mapa municipal, mas lembrou o baixo custo de administração de uma freguesia, que “é administrada por gente que dá o seu esforço quase de borla”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.