diplomacia

Manuel Maria Carrilho sai da UNESCO em nova rotação diplomática


 

Lusa/AO online   Nacional   20 de Set de 2010, 11:09

Manuel Maria Carrilho termina funções como representante de Portugal na UNESCO, sendo substituído pelo embaixador Luís Castro Mendes, no âmbito da rotação diplomática deste ano, disse fonte do Ministério dos Negócios Estrangeiros.
O ex-ministro da Cultura foi nomeado para a organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura em Abril de 2008, com sede em Paris. Para o lugar vai agora Luís Filipe Castro Mendes, até agora a chefiar a embaixada portuguesa em Nova Deli.

Da rotação diplomática agora anunciada consta também a proposta de nomeação do actual director-geral de Política Externa do MNE, Nuno Brito, para a chefia da embaixada portuguesa em Washington, de onde sai João de Vallera para a embaixada de Londres.

Francisco Ribeiro de Menezes, até agora chefe de gabinete de Luís Amado, vai chefiar a embaixada de Portugal em Estocolmo, sendo substituído nas funções em Lisboa por Rita Laranjinha.

O ex-secretário de Estado da Defesa João Mira Gomes vai assegurar a representação portuguesa junta da NATO, de onde sai Manuel Tomás Fernandes Pereira, nomeado para o Vaticano.

Para Berna vai José Lameiras, para Sófia Vera Fernandes, para Bucareste António Antas de Campos e para Bratislava João Niza Pinheiro.

A embaixada de Nova Deli passa a ser chefiada por Jorge Roza de Oliveira, a de Montevideu por Luís Sousa Lorvão, Caracas por Mário Lino da Silva e Cidade do México por João Caetano da Silva.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.