Manoel de Oliveira "está a recuperar bem"; disse o neto Ricardo Trêpa

Manoel de Oliveira "está a recuperar bem"; disse o neto Ricardo Trêpa

 

Lusa/ AO online   Nacional   26 de Dez de 2012, 06:10

O realizador Manoel de Oliveira, com 104 anos, hospitalizado desde quinta-feira, "está a recuperar bem", disse o neto Ricardo Trepa, que não adiantou qualquer data para a alta hospitalar.

O cineasta foi internado devido a uma bactéria, não tendo sido divulgados outros pormenores do seu estado de saúde.

Manoel de Oliveira celebrou este mês, no dia 11, o seu 104.º aniversário, e é a segunda vez que foi internado este ano.

Em julho passado, esteve no hospital a recuperar de uma insuficiência cardíaca.

Manoel de Oliveira é o mais velho realizador, ainda em atividade, no mundo, e atualmente tem outros dois filmes em carteira, ambos em fase de captação de financiamento: "O velho do Restelo", inspirado em textos de Camões, Teixeira de Pascoaes e Miguel de Cervantes, e "A igreja do diabo", a partir dos contos do autor brasileiro Machado de Assis.

Manoel de Oliveira nasceu a 11 de dezembro de 1908, no Porto, embora o registo fixe a data de nascimento no dia seguinte.

Depois de uma participação num filme de Rino Lupo, em 1928, estreou o seu primeiro filme, a curta-metragem documental "Douro, faina fluvial", em 1931.

Nestes 80 anos de atividade cinematográfica, com algumas interrupções ainda durante o Estado Novo (1933-1974), Manoel de Oliveira fixou um percurso que é considerado fundamental na história do cinema português, nem sempre consensual, nem sempre compreendido pelo público, mas quase sempre unanimemente elogiado pela crítica.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.