Trabalho

Mais parcerias para reduzir acidentes e doenças laborais

Mais parcerias para reduzir acidentes e doenças laborais

 

Lusa / AO online   Economia   18 de Jan de 2010, 14:06

O inspector-geral do Trabalho defendeu esta segunda-feira mais parcerias entre a Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) e associações empresariais, sindicatos e instituições de ensino para qualificar profissionais e reduzir acidentes e doenças laborais.
"Tudo o que nós queremos é que haja uma redução da sinistralidade laboral e das doenças profissionais no país", disse à agência Lusa Paulo Morgado de Carvalho, frisando que aquele "objectivo final será mais fácil de alcançar com parcerias e intercâmbios".

A ACT já tem "um conjunto de parcerias que tem desenvolvido ao longo do país", com parceiros sociais, associações empresariais, sindicatos e instituições de ensino superior e investigação, mas "quantas mais melhor", defendeu.

"Todas as parcerias que se possam estabelecer para desenvolver a rede de prevenção de riscos profissionais são extremamente importantes", salientou Paulo Morgado de Carvalho, frisando que a rede "pode contribuir para melhorar a qualificação" de estudantes e profissionais na área da segurança, higiene e saúde no trabalho e "permitir à ACT cumprir a sua missão".

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.