Mais de uma centena de emigrantes integram festas Sanjoaninas em Angra do Heroísmo

Mais de uma centena de emigrantes integram festas Sanjoaninas em Angra do Heroísmo

 

Lusa/AO online   Regional   23 de Abr de 2015, 18:12

Mais de uma centena de emigrantes e descendentes de açorianos integram, este ano, as festas Sanjoaninas em espetáculos, manifestações religiosas ou cortejos.

"O desfile este ano tem o tema 'Angra, memória dos meus encantos' e é, no fundo, uma homenagem a quem partiu em tempos difíceis em busca de uma vida melhor", salientou,  na apresentação do programa das festas, Raquel Ferreira, vereadora da Câmara Municipal de Angra do Heroísmo.

As maiores festas profanas do concelho realizam-se, este ano, de 19 a 28 de junho, com cortejos, concertos musicais, exposições, desporto, tauromaquia e gastronomia.

Ainda que sem números concretos, Raquel Ferreira disse que há expetativas "bastante elevadas" na deslocação de emigrantes à ilha Terceira durante esta época do ano, até porque só os convidados a participar nas festas ultrapassam as 100 pessoas.

Só a Filarmónica de São José, da Califórnia, que vai atuar várias vezes nas Sanjoaninas, tem 70 elementos, sem contar com as famílias que os acompanham, e o grupo Luso, de Gustine, tem 50 elementos, mas a comitiva tem quase 90 pessoas.

O cartaz musical das Sanjoaninas inclui também a artista Nélia, dos Estados Unidos da América, e o cortejo do séquito real integra damas das comunidades emigrantes e das cidades irmãs de Angra do Heroísmo: Gilroy, Tulare e Gustine.

"Estas festas acabam por ter um impacto na nossa economia bastante importante e creio que hoje em dia as pessoas já não são capazes de dissociar o impacto económico que as Sanjoaninas provocam", salientou Raquel Ferreira.

Na noite de São João, de 23 para 24 de junho, vão desfilar pelas ruas de Angra do Heroísmo 26 marchas populares e no dia seguinte desfilam seis marchas infantis e uma intergeracional.

Pelo palco principal das Sanjoaninas vão passar ainda Buraca Som Sistema, David Fonseca, José Cid, Quinta do Bill, D.A.M.A, Nelson Freitas, Pimba Chic e os locais Pó de Palco e Mostardas.

A autarquia criou este ano um "eco-roteiro" das tascas das Sanjoaninas, em que as pessoas adquirem uma caneca reutilizável, substituindo os copos de plástico, e recebem um mapa com os principais palcos, restaurantes e tascas aderentes ao conceito.

As Sanjoaninas contam também com três touradas de praça, com os toureiros António Ferrera, Diego Urdiales e Juan Leal e os cavaleiros Luís Rouxinol, Vítor Ribeiro e Gilberto Filipe, para além dos locais Tiago Pamplona, Rui Lopes e João Pamplona.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.