Mais de metade dos portugueses não conseguem poupar todos os meses

Mais de metade dos portugueses não conseguem poupar todos os meses

 

Lusa/AO online   Economia   30 de Out de 2017, 15:30

Quase 60% dos portugueses inquiridos não conseguem poupar mensalmente e os que conseguem poupam uma média de 281 euros, de acordo com um estudo da consultora Intrum Justitia.

A empresa especializada em serviços de gestão de crédito revelou hoje um estudo onde indica que 58% dos portugueses inquiridos não consegue poupar dinheiro mensalmente e 42% guarda uma média de 281 euros.

O 'European Payment Consumer Report' (Relatório Europeu de Pagamentos do Consumidor) revela que, entre os que conseguem poupar, 74% refere que guarda esse valor para despesas imprevistas.

De acordo com o estudo, a recessão económica alterou a atitude dos consumidores, com 69% a reconhecer que agora é mais importante poupar dinheiro.

Conforme indica a Intrum Justitia, a média europeia revela que 50% dos consumidores consegue amealhar mensalmente 326 euros, dos quais, 71% revela preocupação em poupar para as despesas imprevistas.

Já no que se refere à alteração de hábitos de poupança, potenciada pela recessão económica, 43% reconhece que agora é mais importante poupar dinheiro.

O estudo foi baseados em inquéritos 'online' a 21.317 consumidores de 21 países europeus, dos quais 1.010 portugueses, a fim de compreender a sua realidade económica doméstica.

As informações obtidas, através do 'European Payment Consumer Report', basearam-se num inquérito realizado pela United Minds, empresa de estudos de mercado.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.