Mais de 924 mil aves abatidas no Japão devido a surto de gripe aviária


 

Lusa/AO Online   Internacional   28 de Dez de 2016, 06:07

O número de aves abatidas no Japão devido ao recente surto de gripe aviária ascende a mais de 924 mil, depois de hoje mais 92 mil galinhas terem sido mortas no sudoeste do arquipélago.

As aves foram mortas na cidade de Nankan, na província de Kumamoto, depois de meia centena de animais terem sido encontrados mortos e de o vírus da gripe aviária ter sido detetado em cinco dos cadáveres e em duas galinhas vivas, informou hoje a agência de notícias japonesa Kyodo.

O governo de Kumamoto proibiu ainda o transporte de aproximadamente um milhão de aves em instalações num raio de dez quilómetros do centro afetado.

O Japão encontra-se sob o nível máximo de alerta devido ao vírus da gripe aviária desde o final de novembro, altura em que foi detetada a estirpe H5N6, muito contagiosa, em diferentes pontos do arquipélago.

Além de Kumamoto foram também detetados casos em Niigata (oeste), Aomori (noroeste), Hokkaido (norte) e Miyazaki (sudoeste).

O vírus também foi encontrado em cisnes mortos do zoológico de Akita (norte de Honshu, a principal ilha do Japão) e no de Nagoya (centro), bem como na província de Kagoshima (na ilha meridional de Kyushu).

Trata-se da primeira vez que o vírus reaparece no Japão desde finais de 2014.

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
 
Termos e Condições de Uso.